Realidade virtual chega ao Personal

Runtastic leva “personal trainer” para dentro do Oculus Rift

A Runtastic é conhecida pela sua gama de apps para atividades esportivas. Mas ocupar espaço no seu smartphone não é o bastante: meses depois de lançar a smartbandOrbit, a empresa anunciou um “personal trainer” virtual que funciona com o Oculus Rift.

Ao utilizar a novidade, o usuário verá um assistente (ou “uma assistente”, dependendo do avatar escolhido) que lhe mostrará os exercícios a serem realizados. Tudo o que a pessoa precisa fazer é seguir estas orientações. O aplicativo também registrará o seu progresso.

Inicialmente, estão disponíveis séries de exercícios para serem realizadas em sete minutos (“7-Minute Workout”). Há atividades voltadas para ganho de massa muscular, tonificação, relaxamento (com ioga) e assim por diante.

Treinamentos do tipo não são difíceis de encontrar – digite “7-Minute Workout” no YouTube e você se deparará com vários deles. O que justifica a aplicação do Oculus Rift, então? Doses generosas de imersão. Bom, pelo menos é isso que se espera.

Ao ativar o aplicativo, a ideia é que o usuário possa não só escolher quais exercícios fazer como também o ambiente: o topo de uma montanha, uma sala espaçosa, um parque, entre vários outros. Sons típicos do lugar – cantos de pássaros, barulhos de vento, etc. – também poderão ser reproduzidos para aumentar ainda mais os níveis de realismo.

É claro que ambientes naturais são muito mais interessantes, mas os espaços virtuais podem ser uma opção para quem só treina em casa ou para dias chuvosos, por exemplo. A experimentação de cenários novos também pode motivar o usuário a continuar com as atividades nos dias seguintes.

Será que a ideia pega? Não dá para negar que a proposta soa interessante, mas só testando mesmo para saber se a prática corresponde às expectativas. Fazer exercícios usando um “trambolho” na cabeça não deve ser das tarefas mais confortáveis, para começar.

A Runtastic promete mostrar mais detalhes da novidade na CES 2015.

Com informações: TechCrunch

Créditos: Tecnoblog.net | Emerson Alecrim

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

Compare items
  • Total (0)
Compare
0