Personal Trainer renda extra pela internet

5408163923_d88b3153da_b

Foto ilustrativa – Créditos: Fan of cash via photopin(license)

 

Já escrevi alguns textos que explicam a importância da divulgação do seu trabalho como Personal Trainer pela internet, seja através de sites, blogs e/ou redes sociais. Também já dei dicas de como construir um blog/site de sucesso e hoje vou explicar um pouco sobre Personal Trainer e renda extra pela internet.

Vocês sabem que trabalhei muito tempo como Personal Trainer e também em diversas áreas dentro de academias, assim como a maioria dos PEFs passei por muito aperto financeiro até conseguir me estabilizar. Atirei para todos os lados, mesmo, porque tinha dois filhos pequenos para criar (hoje são adultos!), isso fez com que eu adquirisse experiência em muitas áreas, mas também atrapalhou meu crescimento pela falta de foco. Demorei um bom tempo para ter na internet um aliado na composição do meu orçamento, mas quando consegui, enxerguei nela a possibilidade de ter mais do que uma renda extra, ter um plano B, quando algo não desse certo ou mesmo quando eu ficasse velha demais para trabalhar na área.

personal trainer renda extra pela internet

Personal Trainer renda extra pela internet

Tudo começou com o Fique Informa, um blog com informações sobre saúde e exercício com foco no público leigo, sim, por mais críticas que viessem dos colegas PEFs, que eventualmente acessavam o blog, sobre a linguagem e superficialidade dos assuntos eu estava escrevendo para atingir clientes em potencial. O blog também tinha um outro lado que era o meio que eu achei para devolver à sociedade o que eu recebi em termos de formação em universidade pública, mas isso é outra história.  O blog servia como porta de entrada para meu site de Personal Trainer, para os serviços que eu prestava. E funcionou muito bem!

O blog já era bastante acessado quando recebi minha primeira proposta de programa de afiliados, nem imaginava do que se tratava.

Os programas de afiliados são ótimas oportunidades para quem quer trabalhar em casa ou ganhar uma renda extra. Você se cadastra coloca banners ou links para o seu site (ou rede social) e quando alguém faz uma compra em um site parceiro você ganha comissão. Esse é o funcionamento básico.

A proposta era bem interessante, 10% sobre as vendas em um site que só tinha produtos com foco no esporte e atividade física. No começo fiquei desconfiada, como eles conseguiriam saber que os acessos vinham do meu site? Me explicaram que eu teria um código só meu, que identificaria a origem e ficaria gravado por 30 dias. Resolvi experimentar, imagina se alguém comprasse uma esteira?! Podia render um bom dinheiro extra!!!

Na prática as coisas não foram tão simples assim, mas em algum tempo e estudando bastante sobre o assunto, os rendimentos do meu blog já respondiam por 1/3 da minha renda! E olha que eu tinha praticamente todos os horários tomados por aulas!

O tempo foi passando, descobri outros programas de afiliados, novos programas de afiliados foram surgindo. Nem todos pagavam o mesmo percentual, alguns giravam em torno dos 3%, bem menos do que aquele inicial, mas tinham produtos que eram interessantes para mim. Fiz dezenas de testes e continuo fazendo para melhorar essa experiência e os ganhos com programas de afiliados e o que seria uma renda extra, um plano B, virou o plano A.

Hoje trabalho essencialmente pela internet e uso os conhecimentos adquiridos em todos esses anos dando palestras e consultorias na área de fitness. Deixo então algumas dicas para você que é Personal Trainer, busca uma renda extra pela internet e não sabe por onde começar.

  1. Crie um blog e capriche no conteúdo exclusivo.
  2. Não tenha preguiça de escrever, não copie conteúdo para não ser punido pelo Google.
  3. Aprenda a otimizar seu blog para os motores de busca.
  4. Seja paciente, para ter retorno dos programas de afiliados e preciso ter volume de acessos. Isso tem toda relação com a dica números 1, 2 e 3 !
  5. Estude sobre programas de afiliados.
  6. Faça testes com os programas de afiliados escolhidos e os produtos divulgados.
  7. Só fale sobre produtos que você conheça ou que realmente acredite. Lembre-se que antes de tudo você é um PEF e tem uma reputação a zelar. Imagine dar uma dica sobre um suplemento e descobrem que tinha farinha ou substância proibida misturada, um equipamento que quebra com facilidade e pode machucar alguém. Sua carreira e sua estratégia certamente ficarão comprometidas.
  8. Quando for dar alguma dica pense como se estivesse recomendando para seu aluno, só que a escala será bem maior, e o retorno também. Para o bem ou para o mal.
No próximo post sobre esse assunto vou dar três dicas matadoras de onde buscar informações e como fazer para estudar sobre programas de afiliados.
Não perca!

Denise Carceroni

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

Compare items
  • Total (0)
Compare
0