O profissional Personal x A empresa Personal

Personal Trainer deixou de ser uma profissão para se tornar um negócio.

Os temas atividade física, saúde, bem-estar e ser saudável estão cada vez mais em alta e geram muitos negócios e empregos, movimentando e economia.

Desde a oferta de roupas e calçados apropriados para a prática cada esporte, impulsionando assim o setor calçadista e da confecção ou aumentando as importações, até acessórios como luvas, garrafas de águas, frequencímetros e serviços como academias e o tão famoso Personal Trainer.

Porém em muitos casos o que temos são Educadores Físicos despreparados para qualquer aspecto profissional que não seja a parte técnica, que eles adquiram na faculdade ou em inúmeros cursos de especialização.

Muitos deles não têm preocupação com as técnicas para retenção de clientes, e cuidados básicos como demonstrar profissionalismo ao enviar um e-mail, ser pontualíssimo já que o serviço é vendido por hora ou ainda manter um cadastro atualizado, e isso para falar somente do básico.

Vejo uma grande oportunidade para aqueles que investem em suas carreiras e se enxergam como uma empresa, onde é importantíssimo que existam todas as áreas, mesmo que sejam executadas por esse mesmo profissional.

Para começar pare de tratar o seu cliente como aluno, que pressupõe que tem algo a aprender com você, e sim como cliente. Sim, seu cliente que compra os seus serviços e paga por eles, em muitos casos até antecipado.

Essa simples mudança na nomenclatura já deve causar uma reflexão sobre a diferença entre esses dois personagens. Um cliente merece atendimento profissional não só nas questões técnicas, mas em todo o processo da entrega dos serviços, o cliente não está lá para aprender o que você sabe e sim está comprando o seu conhecimento e orientação para uma tarefa específica.

A empresa Personal Trainer deve entregar esse serviço com qualidade e pontualidade, utilizando o departamento jurídico para que elabore e gerencie os contratos de prestação de serviços, comercial que prospecte clientes, departamento de marketing para retenção de clientes, contas a receber para fazer as cobranças, compras que cuide da aquisição de materiais de trabalho, RH que busque o que há de novo em cursos de capacitação, um setor de contas a pagar para que seja feito um fluxo de caixa que facilite a tomada de decisão sobre o melhor momento para esses investimentos e uma área de inovação e tecnologia que busque informações das novidades no mercado em equipamentos e softwares que auxiliem nas tarefas do dia a dia, inclusive montagem e controle de treinos, assiduidade do aluno e atendimento a distância.

Quem executa todas essas tarefas?

Você, Educador Físico que é também um empreendedor e administrador.

Passe a se reconhecer com uma empresa e ter a dimensão da grandeza do seu trabalho e com certeza estará entregando para o mercado um serviço diferenciado e de qualidade superior.

Cabe a você também elevar o nível dos serviços e dos profissionais dessa área e contribuir para que o Personal Trainer tenha no futuro, o reconhecimento e valorização do seu trabalho.

Se você não tem habilidade para a gestão de todos esses processos estabeleça uma parceria com um profissional especializado e veja as suas receitas aumentarem expressivamente.

Quer saber mais sobre esse tema? Sou especialista em gestão de pequenas e médias empresas, entre em contato.

Créditos e para maiores informações:

 

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

Compare items
  • Total (0)
Compare
0