Como está a sua saúde financeira? Evite ficar doente!

Como evitar que seu empreendimento fique doente.
(Foto da web – Chrono marchie)

Segundo a Constituição da Organização Mundial de Saúde, a saúde é um estado completo de bem-estar físico, mental e social e não consiste apenas em uma ausência de doença ou de enfermidade.

Este estado de bem-estar, de sensação de segurança, tranquilidade e conforto permite com que criemos novos adjetivos como exemplo saúde física, saúde mental, saúde emocional e porque não, saúde financeira.

Assim como na fisiologia é melhor agir de maneira preventiva, indo regularmente a um médico, fazer exames, ir ao nutricionista, contratar um personal trainer para prevenir doenças, no mundo dos empreendedores também é da mesma forma, na vida das empresas também é melhor prevenir doenças financeiras e fiscais a ter que remediá-las.

Esta falando de saúde financeira imaginando um empreendedor, ou uma empresa capaz de se auto sustentar, pagando aluguel, telefone, internet, fazendo ações de marketing, pagando tributos e ainda remunerar o empreendedor para que ele também possa gozar de saúde fisiológica e financeira.

Podemos dizer que assim como um médico cuida da saúde do corpo um Profissional de Contabilidade é o “médico” que irá cuidar da sua empresa, prevenindo problemas fiscais e gerencias, mantendo o desempenho econômico e financeiro, bem como orientar como resolver situações desconfortáveis que nunca deveriam ter acontecido.

Não comece a fazer exercícios físicos sem antes consultar um profissional adequado para orientá-lo.

Para sua empresa podemos falar que você não deve iniciar seu empreendimento sem antes consultar um contador de sua confiança, este profissional é quem irá lhe orientar qual a maneira mais adequada para o exercício da sua atividade profissional.

O que é melhor?
Exercer minha atividade como pessoa física?
Como autônomo?
Ou será melhor abrir uma empresa?
Um MEI? Uma empresa do Simples?
Uma empresa do Lucro Presumido?
Quais os impostos que eu terei que pagar?
Qual o valor dos impostos?
O meu negócio é viável?

Quando alunos eu preciso ter?
Qual o valor da mensalidade que terei que cobrar?
Qual o valor da minha hora aula?

A falta de orientação a estas questões e como consumir açúcar, no início é muito bom, muito prazeroso, mas se não houver certos cuidados, seu corpo será um forte candidato a desenvolver uma diabetes, ter obstrução das veias do coração e possivelmente irá morrendo aos poucos. Assim também poderá acontecer com seu negócio, se ele não for bem tratado, poderá pagar multas pela ausência de recolhimento de tributos, poderá esta jogando dinheiro fora recolhendo tributos de maneira equivocada, poderá esta cobrando pelo serviço prestado um valor que não seja capaz de dar sustentabilidade à empresa, assim como, poderá esta cobrando uma valor que não seja atraente ao publico alvo, e assim uma grande ideia, um grande empreendedor poderá esta fadado ao fracasso.

Elifas Júnior

Empresário Contábil
Inscrito no Conselho Regional de Contabilidade do DF
Inscrito no Cadastro Nacional de Auditores Independentes
MBA em Direito Tributário com Ênfase no Risco Fiscal
Especialista em planejamento, auditoria e gestão de tributos

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

Compare items
  • Total (0)
Compare
0