Com a Rede SELFIT o conceito Low Cost avança no Brasil

Fundador da Terceira maior rede de academias do Brasil, Selfit, quer dominar o Sudeste

SÃO PAULO, A história de Nelson Lins, da Selfit, teve início em 2009 quando resolveu sair do mercado financeiro e começar a empreender. Abriu sua primeira academia em Recife. Em 2012, junto ao sócio Leonardo Costa, a rede se transformou no conceito low cost.

Nelson Lins

Em 2015, já fundadas 5 unidades, Nelson associou-se ao fundo H.I.G. Capital, elevando o negócio a uma nova escala e acelerando o seu crescimento.

Hoje, a Selfit possui aproximadamente 45 unidades, presentes em 12 estados, sendo 3ª maior rede de academias do Brasil, num modelo de negócios que favorece a autonomia do aluno com a utilização de equipamentos de última geração e baixo custo mensal.

Mesmo com um processo de expansão a todo vapor, a Selfit está de olho em novos planos para franqueados e sócios investidores, acelerando ainda mais o processo de crescimento da marca. Até o final de 2020, a meta é chegar a mais de 100 unidades em todo o país.

A proposta é ousada: atender um mercado em franca expansão, responsável por 1,9% do PIB do país, mas, por trás deste intuito, existe um planejamento eficaz que alia saúde e bem-estar, ofertando uma das melhores estruturas existentes para a prática de exercícios. Este é o conceito da rede que está em processo de expansão em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

“Quero dominar o Sudeste e transformar a Selfit no principal player do mercado. Esse era meu sonho quando idealizei o projeto em 2009. Queria revolucionar o fitness no Brasil”, diz Lins.

De fato, o baixo custo mensal, aliado à tecnologia e à busca pelo bem-estar são responsáveis pelo sucesso da marca. A Selfit entende que saúde e modernidade caminham lado a lado, e por isso conta com professores certificados e estruturas que oferecem ginástica e musculação.

Na musculação, o treino é totalmente automatizado, inclusive com dispositivo touchcall instalado nos aparelhos para acionar os instrutores. Além disso, algumas máquinas possuem temporizador para marcar tempo X quantidade de repetições, dando melhor suporte ao treino.

Já o programa de ginástica é variado e o aluno escolhe entre aulas de dança, luta, localizada, postural, entre outras, sempre pensando na promoção da melhoria da saúde, estética e autoestima do aluno.

A rede também possui Self Extreme, circuito de exercícios exclusivos de 30 minutos que conta com painel de emagrecimento hiit e uma área focada em exercícios exclusivos de alta intensidade.

Há ainda o Self Intense, onde o o espaço exclusivo e completo, proporciona ao aluno alguns benefícios como ganho de força, equilíbrio, flexibilidade, resistência e agilidade deixando ainda mais dinâmico e eficiente o treino funcional.

“Vale lembrar que nosso negócio exige um investimento intenso de capital por unidade, em torno de 4 milhões, além do custo fixo médio por unidade de 200 mil reais por mês. Afirmo que a Selfit será a primeira rede 100% conectada no Brasil, utilizando wi-fi de alta qualidade”, finaliza Nelson Lins.

Créditos: FONTE Selfit | Foto – https://mma.prnewswire.com/media/774526/Nelson_Lins_1.jpg

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

Compare items
  • Total (0)
Compare
0